terça-feira, 17 de outubro de 2017

I Festival Santa Cecília de Música Bíblico-Litúrgica divulga os ganhadores

Foram quatro horas de música bíblico-litúrgica neste sábado, 14 de outubro, no Theatro Pedro II, em Ribeirão Preto. 

Após as apresentações das 10 músicas finalistas, intercaladas e antecedidas pelas homenagens ao músico e religioso Cônego Barros (in memoriam), e ao padre Estevão Remi Bruyland, que compareceu ao evento, o corpo de jurados fez a escolha das três músicas vencedoras do festival.

Agradecemos a participação de todas as paróquias inscritas, a todos que prestigiaram o festival, e aos contemplados.





1º lugar: Edson Diniz - Cordeiro – Paróquia Santo Antônio Maria
Claret e Santo Antônio de Sant´Ana Galvão - Ribeirão Preto.
2º lugar: Paula, Amanda, Letícia e Pedro – Cordeiro – Paróquia Senhor Bom Jesus da Lapa – Sertãozinho.


3º lugar: Guilherme, Lygia, Diego e Míriam - Cordeiro – Paróquia Santa Teresinha Doutora – Ribeirão Preto





Fotos:








terça-feira, 3 de outubro de 2017

Conheça as equipes finalistas no Festival Santa Cecília (Vídeos)

Apresentação especial dos grupos de cantos:
Cia. Minaz (Interpretando músicas do Cônego Barros)
Grupo de canto São João Batista (Interpretando músicas do Pe. Estevão Remi Bruyland)


Os ingressos para o festival tem o valor único de 
R$ 5,00 (cinco reais). 
Podem ser adquiridos:
- Na paróquia Santa Ângela.
- No Centro Arquidiocesano de Pastoral.
- Com as equipes classificadas.
- No dia do festival (bilheteria do Theatro Pedro II).



Conheça as equipes finalistas:

Paróquia Nossa Senhora Aparecida/Seminário Maria Imaculada - Sertãozinho/Brodowski 

Paróquia Cristo Rei – Ribeirão Preto 

Comunidade Missionários da Divina Misericórdia - Batatais

Paróquia Nossa Senhora de Fátima – Ribeirão Preto

Paróquia Bom Jesus da Lapa – Sertãozinho

Paróquia Santa Ângela – Ribeirão Preto


Paróquia Santo Antônio Maria Claret e Frei Galvão – Ribeirão Preto

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Relação das Músicas selecionadas para a apresentação na fase final do I Festival Santa Cecilia


Os ingressos para o festival tem o valor único de 
R$ 5,00 (cinco reais). 


Podem ser adquiridos:
- Na paróquia Santa Ângela.
- No Centro Arquidiocesano de Pastoral.
- Com as equipes classificadas.
- No dia do festival (bilheteria do Theatro Pedro II).



"Festival Santa Cecília de Música bíblico-litúrgica a se realizar no dia 14 de outubro de 2017 no Teatro Pedro II - Ribeirão Preto.

O Festival, valorizando os corais, grupos e equipes de cantos paroquiais, bem como agentes de pastorais, e reconhecendo seus dons e talentos musicais, quer incentivar a composição e produção de músicas sacras fundamentadas em textos bíblicos e apropriados ao uso litúrgico."


Relação das Músicas selecionadas para a apresentação na fase final do I Festival Santa Cecilia de Música Bíblico Litúrgica. Fase esta que consistirá na apresentação ao vivo das músicas pré-selecionadas no dia 14 de outubro de 2017 durante evento a ser realizado no Teatro Pedro II – Ribeirão Preto.

Ao final das apresentações, serão premiadas as 3 melhores músicas conforme abaixo:
1 Lugar – R$ 2.500,00
2 Lugar – R$ 1.500,00
3 Lugar – R$ 1.000,00

As músicas selecionadas organizadas por categoria e ordem alfabética das paróquias e comunidades estão listadas abaixo:

1- Ato Penitencial – Paróquia Nossa Senhora Aparecida/Seminário Maria Imaculada - Sertãozinho/Brodowski
2- Ato Penitencial – Paróquia Cristo Rei – Ribeirão Preto
3- Ato Penitencial – Comunidade Missionários da Divina Misericórdia - Batatais
4- Ato Penitencial – Paróquia Nossa Senhora de Fátima – Ribeirão Preto
5- Cordeiro – Paróquia Bom Jesus da Lapa – Sertãozinho
6- Cordeiro – Comunidade Missionários da Divina Misericórdia - Batatais
7- Cordeiro – Paróquia Santa Ângela – Ribeirão Preto
8- Cordeiro – Paróquia Santa Ângela – Ribeirão Preto
9- Cordeiro – Paróquia Santo Antônio Maria Claret e Frei Galvão – Ribeirão Preto
10- Cordeiro – Paróquia Santa Therezinha Doutora – Ribeirão Preto


Aos selecionados serão encaminhadas maiores informações por e-mail juntamente com CONVOCAÇÃO para reunião de orientação e organização da apresentação com a equipe organizadora a ser realizada em 16 de setembro de 2017, sábado, as 15h no Centro de Pastoral – Rua Tibiriça, 899 – Centro – Ribeirão Preto - SP

terça-feira, 1 de agosto de 2017

CNBB lança subsídios para o Mês da Bíblia, celebrado em setembro

Roteiro de Encontros Bíblicos. Foto: Mauricio Sant’Ana
A publicação está à venda no site da Editora da CNBB.


A Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) disponibilizou dois subsídios de apoio aos fiéis que desejam celebrar o Mês da Bíblia, agora em setembro. A data foi criada em 1971, com a finalidade de instruir os fiéis sobre a Palavra de Deus.

O texto-base segue o tema e o lema do Mês da Bíblia 2017, “Para que n’Ele nossos povos tenham vida” e “Anunciar o Evangelho e doar a própria vida”, respectivamente. De acordo com dom José Antônio Peruzzo, presidente da Comissão, a inspiração da temática provém do Documento de Aparecida de 2007, intitulado “Discípulos missionários de Jesus Cristo, para que n’Ele nossos povos tenham vida”.

Texto-base para o Mês da Bíblia

Trata-se, segundo o bispo, do convite para conhecer Jesus e sua proposta de vida e partilhá-la com as demais pessoas. “O Documento de Aparecida estabelece essa conexão entre discipulado e missão com duas faces da mesma moeda. O discipulado leva necessariamente à missão e a missão se alimenta do discipulado”, afirma.



No contexto específico da realidade brasileira e da caminhada da Igreja no Brasil, o livro escolhido para refletir no mês de setembro está associado à memória de São Jerônimo, tradutor da bíblia para o latim e modelo de divulgador dos estudos bíblicos. “Naturalmente, o chamado Mês da Bíblia significa Ano da Bíblia, e até mesmo a caminhada contínua da Bíblia, no sentido que não se pode limitar a um tempo determinado”, afirma dom Peruzzo.

O texto-base oferece pistas para compreender a Primeira Carta de Paulo aos Tessalonicenses, que retrata uma comunidade dos inícios do Cristianismo, com dificuldades, resistências e superações. Tal comunidade está inserida na periferia de uma grande cidade do Império Romano, Tessalônica, onde busca-se transformar a sociedade vigente, com a força do anúncio do Evangelho. “Quem quer conhecer belos traços de Paulo, evangelizador entusiasmado, disporá de muitas indicações nessas páginas. Tanto Paulo quanto os tessalonicenses se deixam conhecer nestas linhas”, conclui o bispo.

O subsídio traz uma explicação do tema e lema do mês da Bíblia, apresenta o contexto atual do mês, com alguns eventos que marcam a conjuntura do ano de 2017, em âmbito eclesial e político. Além disso, como forma de apresentação ao tema e ao lema também traz uma apresentação do apóstolo Paulo e seu método missionário. 


Encontros Bíblicos

O outro subsídio de apoio, também ofertado pela Comissão, é um roteiro de encontros bíblicos, com cinco encontros, que tem a finalidade de ajudar as comunidades, grupos de famílias, grupos de reflexão, círculos bíblicos, que buscam orientar-se na luz da Palavra de Deus.

De acordo com o assessor da Comissão, padre Antonio Marcos Depizzoli, os encontros ajudarão a meditar o testemunho dos cristãos de Tessalônica, os sofrimentos de vida e a presença fraterna dos irmãos em comunidade. “Acolhamos a graça desse tempo e deixemos que a Palavra soe em nosso coração e ressoe a partir do coração!”, exorta.


Fonte: http://cnbb.net.br/

quarta-feira, 29 de março de 2017

Festival Santa Cecília


"Festival Santa Cecília de Música bíblico-litúrgica a se realizar no dia 14 de outubro de 2017 no Teatro Pedro II - Ribeirão Preto. 

O Festival, valorizando os corais, grupos e equipes de cantos paroquiais, bem como agentes de pastorais, e reconhecendo seus dons e talentos musicais, quer incentivar a composição e produção de músicas sacras fundamentadas em textos bíblicos e apropriados ao uso litúrgico."


E-mail: festivalsantacecilia@arquidioceserp.org.br


- Regulamento.

- Música Litúrgica - Documentos, orientações e normas.

- Inscrição

- Carta de apresentação.



domingo, 22 de janeiro de 2017

Padres e arcebispo em peregrinação e estudos bíblicos nos lugares santos

As pistas de operacionalização das Diretrizes da Ação Evangelizadora da Arquidiocese de Ribeirão Preto (2015-2019), da 3ª Urgência Pastoral: Igreja, lugar da animação bíblica da vida e da pastoral, em parceria com a Pastoral Presbiteral, organizam no período de 1 a 15 de setembro de 2017, a “Peregrinação e Estudos Bíblicos nos lugares santos que foram palco cênico dos acontecimentos fundamentais da fé cristã”. O roteiro da peregrinação inclui a Terra Santa (Israel e Palestina) e Roma.


A peregrinação terá a direção espiritual do arcebispo dom Moacir Silva e os estudos bíblicos (orientação e aprofundamento) terão a orientação do padre Pedro Luís Schiavinato.


A organização da viagem e as informações estão sendo disponibilizados pelo Projeto “Meus pés no mundo bíblico”. A carta de apresentação, a ficha de adesão e as orientações (roteiro e forma de pagamento) estão disponíveis nos arquivos abaixo.

Informações e dúvidas relativas ao projeto adesão, ou com o diácono Paulo Cesar do Nascimento no telefone (16) 9.9183-3200.

Grupo de Estudos e Peregrinações “Meus pés no Mundo Bíblico”


Contatos:

 

Pe. Pedro Luis Schiavinato  Mestrado em Ciências Bíblicas e Arqueologia em Israel, Doutor em Teologia Bíblica em Roma (Arquidiocese de Ribeirão Preto - SP)


E-mail: lupesch@hotmail.com – Tel. (16) 9.8844-9194

 Paulo Cesar - (16) 3238-3411 – (16) 9.9183-3200



terça-feira, 17 de janeiro de 2017

I Encontro dos Grupos de Leitura Orante e de Estudos Bíblicos

Dentre as cinco urgências das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil para o período de 2015-2019, a 3ª urgência pastoral tem como tema: “Igreja: lugar de animação bíblica da vida e da pastoral”.


Com a proposta de iniciar o desenvolvimento do projeto, foi feito um mapeamento inicial sobre os Grupos de Leitura Orante e de Estudos Bíblicos existentes na Arquidiocese de Ribeirão Preto. 


E, no dia 4 de setembro, cerca de 40 pessoas participaram do “I Encontro dos Grupos de Leitura Orante e de Estudos Bíblicos”, no Salão Dom Alberto, em Ribeirão Preto. 



O encontro teve três objetivos: a apresentação do mapeamento pastoral arquidiocesano com todos os grupos de Leitura Orante e Estudos Bíblicos atualmente existentes nas paróquias; a comunhão e a troca de experiências entre os grupos e a apresentação do Projeto da 3a Urgência Arquidiocesana, com a agenda de trabalho para o ano de 2017.


O contato com o Serviço de Animação Bíblica da Arquidiocese de Ribeirão Preto pode ser feito pelo e-mail: sabiblica@arquidioceserp.org.br



Serviço de Animação Bíblica (SAB)

Arquidiocese de Ribeirão Preto

Fonte: www.arquidioceserp.org.br



Fotos: Luciana Bimbati






3ª Urgência: Igreja, lugar de animação bíblica da vida e da pastoral

 “Toda Escritura é inspirada por Deus e é útil para ensinar, para argumentar, para corrigir, para educar conforme a justiça” (2Tm 3, 16) 

“A animação bíblica de toda a pastoral, indo além de uma pastoral bíblica especializada, é um caminho de conhecimento e interpretação da Palavra, um caminho de comunhão e oração com a Palavra e um caminho de evangelização e proclamação da Palavra. O contato interpretativo, orante e vivencial com a Palavra de Deus não forma, necessariamente, doutores; forma santos” (DGAE, n. 54).

A Igreja de Ribeirão Preto assume a animação bíblica da vida e da pastoral, consciente de que a Palavra de Deus é o centro e a fonte que sacia a pessoa humana na busca de Deus. Nela, o homem encontra a luz que ilumina o seu caminho, a pedra de apoio para os seus pés e o alimento salutar do seu cotidiano, dando-lhe a Esperança, fazendo-lhe crescer na Fé e suscitando-lhe a Caridade. Esse encontro se dá por excelência na Liturgia celebrada em comunidade.

Além disso, “nos Livros Sagrados, o Pai que está nos céus vem amorosamente ao encontro de seus filhos, a conversar com eles; e é tão grande a força e a virtude da Palavra de Deus que se torna o apoio vigoroso da Igreja, solidez da fé para os filhos da Igreja, alimento da alma, fonte pura e perene de vida espiritual” (Dei Verbum, n.21).


Perspecvas de ação: 


Diante das indicações assumidas, várias são as perspectivas escolhidas pela Assembleia:

a) Valorizar grupos de Leitura Orante da Palavra de Deus;

b)Incentivar a criação dos estudos bíblicos;

c) Valorizar a Liturgia; formação litúrgica para os grupos de canto e corais; evangelizar as devoções.

Estudos e peregrinações

Vídeos